segunda-feira, 15 de julho de 2013

Funcionários da Eletrobras entram em greve

Adesão chega a 90% dos trabalhadores.

Por: Antonio Cardoso
De acordo com o diretor do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Energia do Rio de Janeiro e Região (Sintergia-RJ) e também da Associação dos Empregados da Eletrobras (AEEL), Emanuel Mendes Torres, os funcionários das empresas do grupo Eletrobras estão em greve por tempo indeterminado depois de não terem sido atendidos em suas reivindicações de reajuste salarial.
Numa tentativa de pressionar a empresa à reabertura das negociações, a paralisação atinge de 85% a 90% dos 28 mil funcionários do sistema que é responsável por cerca de 35 por cento da capacidade de geração de energia do país, 56 por cento do total nacional de linhas de transmissão, e tem seis distribuidoras de energia no Norte do país.
A Eletrobras controla grande parte dos sistemas de geração e transmissão de energia elétrica do Brasil por intermédio de seis subsidiárias: Eletrobras Chesf, Eletrobras Furnas, Eletrobras Eletrosul, Eletrobras Eletronorte, Eletrobras CGTEE e Eletrobras Eletronuclear. Além de principal acionista dessas empresas, a Eletrobras, em nome do governo brasileiro, detém metade do capital de Itaipu Binacional.
ceara agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário